Pitú no palito

Idealizado pela Pitú, em parceria com a Frisabor,
rinque congelado no palito chega para refrescar o carnaval

O folião de Recife e Olinda já tem como se refrescar neste Carnaval. Foi lançado nesta sexta-feira (14), o picolé de caipirinha.

Fabricado pela indústria de aguardentes Pitú, de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, e pela Frisabor, que tem uma rede de sorveterias, o picolé de caipirinha é produzido de forma artesanal. Além de limões espremidos manualmente, o drinque no palito leva açúcar e cachaça, resultando em um produto com 3,6% de teor alcoólico.

O produto, de acordo com os fabricantes, faz parte da categoria de “picolés exclusivos para adultos”, criada pela sorveteria. Por isso, só pode ser vendido para maiores de 18 anos, mediante a apresentação de identidade. Cada picolé de caipirinha custa R$ 5. Fundada em 1938, a Pitú engarrafa atualmente 100 milhões de litros de cachaça por ano.

Deixe seu comentário