Way Beer lança novas cervejas em lata

Entre as novidades está a segunda edição da premiada Watermelon Ale

A Way Beer acaba de anunciar duas novas cervejas em lata, que já estão disponíveis no Brasil e nos Estados Unidos, além da segunda edição da premiada Watermelon Ale.

Encontradas em versões de 473ml não pasteurizadas, as novidades ficam por conta das cervejas Catarina e Sou feia mas tô na moda. A Catarina é uma Berliner Weisse desenvolvida com Pitanga e Pitaya. A cerveja tem 3,8% de ABV e 5,1 de IBU. “Catarina a Grande, foi a Imperatriz russa conhecida por revitalizar o país fazendo com que se tornasse uma grande potência europeia. Em sua homenagem desenvolvemos essa cerveja para homenagear todas as Catarinas, mulheres fortes e destemidas que se destacam por suas características únicas”, comenta Alejandro Winocur, sócio proprietário da Way Beer.

A cerveja Sou feia mas tô na moda, segue um novo conceito de India Pale Ale (IPA), que tem recebido diversos nomes ao redor do mundo, entre eles New England IPA, North East IPA (NEIPA), Juicy IPA, Hazy IPA e Vermont IPA. A nova cerveja da Way Beer foi desenvolvida com os lúpulos Mosaic, Amarillo e Galaxy, e recebeu aveia em sua composição, ingrediente que deixou a bebida encorpada e turva, principalmente por ela não ser filtrada. Além disso, a cerveja tem características frutadas, lembrando frutas amarelas e tropicais, devido aos lúpulos e, também, pela utilização da levedura Vermont Ale, que produz um perfil de aroma frutado combinando com os lúpulos.

Já a Watermelon Ale, ganha sua segunda edição após vencer o 5º Concurso Brasileiro das Cervejas na categoria “American Fruit Beer”, realizado em março. Ela é uma cerveja colaborativa desenvolvida em parceria com a cervejaria americana Jester King. A bebida, uma Summer ALE, leva melancia em sua receita, ingrediente que resulta em refrescância. A Watermenlon é uma cerveja de cor avermelhada, devido à melancia e ao hibisco, e tem 4,7% de álcool.

Arte na lata

Valorizando o trabalho de artistas locais, por meio do Way from Sketch, as latas das cervejas Catarina e Sou feia mas tô na moda foram criadas por grandes talentos paranaenses. A Catarina foi desenvolvida pelo ilustrador e grafiteiro Rimon Guimarães, artista de Curitiba que já pintou murais na Holanda, Gambia, Síria e Grécia. Já a lata da Sou feia mas tô na moda é assinada pelo artista Douglas Reder. Conhecido como Redergoud, o artista é bodypainter e ilustrador, e em seus trabalhos viaja entre o urbano e o natural.

Deixe seu comentário