IoT no agronegócio

Foco na produtividade e segurança do trabalho

Visando ganho de competitividade perante o mercado internacional e também maior segurança para aqueles que atuam no dia a dia das atividades, soluções tecnológicas ganham novas aplicações no agronegócio. Os exemplos incluem redução no uso de recursos naturais, menores riscos de perdas nos rebanhos e maiores colheitas.

De acordo com levantamento da Markets and Markets, espera-se que o mercado de agricultura inteligente evolua US$ 11,23 bilhões até 2022. O motivo é que os agricultores estão cada vez mais conectados à medida que percebem o potencial das tecnologias IoT, permitindo minimizar os custos operacionais e ainda obter melhores resultados.

Segundo Mauro Peres, Diretor na Alert System, as aplicações são diversas e também são customizáveis, de acordo com as características do negócio e da região. Segundo o executivo, é possível, por exemplo, rastrear um rebanho de animais e em tempo real conseguir monitorar o rebanho, coibindo assim casos de furto do animal ou até mesmo evitando que os animais circulem em áreas não recomendadas.

Com o uso de dispositivos com tecnologias baseada em IoT é possível monitorar todo o desenvolvimento do animal, fazer o controle de vacinação, automatizar a alimentação e isso reflete em otimização da mão de obra e também na melhor utilização dos recursos, evitando desperdícios.

“O uso de sistemas inteligentes com base em IoT está diretamente ligado à produtividade. São as máquinas agrícolas que podem ser rastreadas para evitar furtos e controlar as áreas de atuação, tempo de produtividade da máquina e do operador. Outro item bastante importante nesse segmento é o armazenamento da produção em silos, podemos controlar o prazo de validade, a capacidade de armazenamento e escoamento da produção, a temperatura e o controle de pragas de forma mais eficiente”, explica.

A IoT está em um estágio pronto para transformar as atividades agrícolas, elevando os níveis de desempenho. Além disso, existem muitas outras aplicações promissoras e poderosas. O futuro da IoT promete ser fascinante, com bilhões de coisas se comunicando e com mínima intervenção humana.

Deixe seu comentário