Prozyn reúne cervejeiros e queijeiros em Juiz de Fora

Profissionais de cervejas e lácteos participam do evento
realizado pela Prozyn, em parceria com a Agrária Malte

Semana passada aconteceu a Minas Láctea, evento que reuniu Expomaq, Expolac, Concurso Nacional de Produtos Lácteos, Semana do Laticinista, além de outros eventos relacionados aos queijos, bebidas lácteas e derivados do leite em geral.

A Prozyn esteve presente com estande na Expomaq, feira de fornecedores de equipamentos, embalagens, ingredientes e serviços para fabricantes de produtos lácteos, e aproveitou a participação na feira para reunir cervejeiros e queijeiros em um encontro especial em um dos pontos turísticos mais bonitos de Juiz de Fora: o Mirante.

Após o Workshop Tecnologias e Processos Cervejeiros foi servido um jantar harmonizado com queijos e cervejas especiais.

Conhecimento cervejeiro

Pérsio Volpini, gerente de negócios da Prozyn, abriu o Workshop Cervejeiro com a palestra Cerveja Glúten Free.

Pérsio falou sobre os compostos causadores dos efeitos de intolerância ao glúten e também sobre a legislação que regula os produtos livres de glúten no Brasil. Além disso, mostrou a importância da realização de análises em todos os lotes de cervejas produzidos sem o glúten.

Ludmilla Antoniazzi, da Agrária Malte, foi responsável pelas palestras sobre lúpulos e maltes.

Na palestra de lúpulos, Ludmilla falou sobre o mercado mundial e como isso impacta o consumo do produto no Brasil. Entre os fatores que influenciam esse mercado destacou:

– questões econômicas;
– teor de alfa-ácidos;
– volume de produção de cerveja;
– quantidade de lúpulos utilizada nas cervejas;
– especulação, emoção e outros.

Na palestra Moagem: aspectos técnicos e rendimento da brassagem, Ludmilla explicou que a moagem do malte tem como objetivo expor o amido do endosperma, permitindo que este entre em contato com as enzimas. O tipo de moinho utilizado, manutenção e boas práticas, garantem a qualidade do processo e melhores resultados na brassagem.

A palestrante também apresentou estudo realizado pela Agrária com 30 cervejarias brasileiras sobre o impacto da moagem no rendimento da mostura. A conclusão mostra, entre outras coisas, que financeiramente é bastante importante fazer um controle da moagem e que, rapidamente é possível obter um bom retorno do investimento efetuado.

Marcelo Barga, diretor da Bio 4, encerrou o Workshop Tecnologias e Processos Cervejeiros, apresentando a palestra “O fantástico mundo das leveduras”.

Deixe seu comentário