O cliente hoje é mais essencial do que nunca

A dúvida de todo mundo agora é: o que vai ser do mercado depois da quarentena?

Como dizem os especialistas “a maior certeza que temos agora é a incerteza”, ou seja, ninguém sabe ao certo o que vem pela frente. É praticamente impossível prever alguma coisa.

Como será o comportamento do consumidor pós-pandemia? Como será o “novo normal”?

O que sabemos é que encontraremos um consumidor bem diferente, mais retraído, avesso a aglomerações e a locais públicos. Mas, por outro lado, sedento por comemorações, abraços e
relacionamento. Não sabemos como e quando esse novo consumidor estará disposto a se arriscar a essas manifestações de convívio social e profissional.

Nesse momento, a melhor forma de reagir a isso tudo é estar próximo do cliente, entender suas necessidades e ajudá-lo o máximo possível.

A lição aprendida nos últimos tempos de que é preciso entender a jornada do cliente, nunca foi tão atual.

Colar no cliente é, portanto, a melhor sugestão para correr menos risco e sair na frente quando a economia começar sua retomada. Isso, com certeza, vai fazer sua empresa sair mais forte do outro lado,
quando a economia começar a acelerar. E como fazer isso? Conversando, observando, pesquisando e, sempre, se colocando na posição do cliente (do outro lado do balcão) para entender e desenhar estratégias para essa retomada.

Uma grande certeza: o cliente hoje é mais essencial do que nunca! Pense nisso.

Ações da indústria e do comércio para encantar o cliente em “tempos bicudos”

O setor de cerveja artesanal foi duramente afetado pelas mudanças do mercado causadas pelo isolamento social. A Abracerva (Associação Brasileira de Cerveja Artesanal) estima uma queda de cerca de 80% do faturamento.

Mas é nessa hora que vemos a capacidade de adaptação e inovação do empreendedor brasileiro. As cervejarias artesanais já ampliaram suas operações de delivery, abriram drive-thru, aumentaram a comercialização das cervejas em vários tipos de embalagens, inclusive growlers e crowlers de formatos e de todos os materiais disponíveis no mercado, mostrando que opções de consumo não vão faltar nesse momento em que os festivais e eventos estão suspensos.

A utilização de outros canais de vendas, como o online, também está sendo fundamental para reduzir a queda nas vendas. No setor de vinho a boa notícia foi da Wine, um dos principais e-commerces de vinhos do país, que viu suas vendas aumentarem em 40% entre a primeira e segunda quinzenas de março, quando as medidas começaram a valer na maioria dos estados.

Nos diversos setores da economia o que vê são adaptações rápidas de acordo com o produto e necessidades de cada empresa. A RiHappy, tradicional varejista de brinquedos, apostou na transformação de suas lojas de shopping em darkstores, lojas que não recebem o público mas que servem unicamente como centros de abastecimento da operação online, viabilizando e agilizando esse canal.

O Outback acredita na personalização da experiência e, para isso, passou a enviar gratuitamente o pão australiano nos pedidos pelo delivery, mas vendo que isso não proporcionaria a experiência desejada, então, passou a enviar uma carta com instruções de como o cliente pode transformar sua residência em um ambiente mais parecido com o restaurante, dando inclusive dicas de luminosidade e a possibilidade de acessar uma playlist do restaurante em um serviço de streaming.

Siga-nos nas Redes Sociais

Facebook: https://www.facebook.com/engarrafadormoderno/

Instagram: https://www.instagram.com/engarrafadormoderno/

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/engarrafador-moderno-27119a52/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCYKEMLS-inxqWocI2lGWHhQ

Deixe seu comentário