Heineken vai investir R$ 865 milhões para aumentar produção de cervejas premium

Cervejaria de Ponta Grossa, no Paraná,terá aumento de 75%
da capacidade de produção para fabricação de cervejas especiais

O Grupo Heineken no Brasil, segunda maior cervejaria do País, anunciou investimento de R$ 865 milhões em sua cervejaria de Ponta Grossa, no Paraná, com o objetivo de ampliar a produção de cervejas premium, principalmente da marca Heineken. Com o aporte, que será realizado entre 2020 e 2021, a capacidade de produção da cervejaria será ampliada em 75%. Atualmente, mais de um terço do segmento premium brasileiro é representado pela marca Heineken, o que tornou o país o maior mercado consumidor da cerveja no mundo no ano passado, superando os Estados Unidos, França e Holanda. Atualmente, a marca está presente em 153 países e no Brasil está disponível nas embalagens long neck de 330 ml e 250 ml; latas de 350 ml, 250 ml e 473 ml; garrafas de 600 ml; draft beer e keg (barril de 5 litros). O grupo gera mais de 13 mil empregos em suas 15 unidades produtivas.

Segundo Maurício Giamellaro, presidente do Grupo Heineken no Brasil, este movimento reforça o compromisso de longo prazo da companhia com o mercado brasileiro. “Investimos constantemente na ampliação e modernização de nossas cervejarias para suprir o mercado consumidor. Nós acreditamos no potencial de crescimento do Grupo Heineken, o que se confirma pelos ótimos resultados da Companhia no país nos últimos anos, e nossos investimentos são proporcionais à essa confiança”, reforça o executivo.

O investimento também visa a expansão de capacidade na categoria de cervejas mainstream (segmento médio de mercado), através de marcas puro malte como Amstel e Devassa. No último ano, essas marcas cresceram mais uma vez alto duplo dígito, o que justifica o investimento para manter esse posicionamento, principalmente para a marca Amstel, foco para as regiões Sul e Sudeste. Além disso, o aporte viabilizará a produção de Heineken 0.0%, reforçando o compromisso da companhia com o consumo responsável de bebidas alcoólicas. Ponta Grossa será a primeira cervejaria a produzir esse novo produto no Brasil, que chega ao mercado ainda no primeiro semestre de 2020.

“Estamos buscando no Brasil e no mundo investimentos que tragam emprego e renda
para os paranaenses”, afirma o governador
Carlos Massa Ratinho, durante
Cerimônia com executivos da Heineken

A partir dessa expansão, Ponta Grossa se tornará a 3a maior operação do Grupo Heineken no Brasil. Fundada há 25 anos, a cervejaria recebeu grandes investimentos nos últimos anos. Localizada em um entroncamento rodoviário, Ponta Grossa favorece o escoamento da produção para mercados-chave no País como as regiões sul e sudeste, especialmente relevantes para o segmento premium. “Em parceria com a prefeitura e o Governo do Estado, queremos continuar crescendo com a comunidade local, gerando empregos e contribuindo para o avanço econômico da região”, reforça Giamellaro.

O aporte na Cervejaria de Ponta Grossa vai gerar 600 novos empregos, entre diretos e indiretos. As obras têm previsão de conclusão para 2021 e o aumento de capacidade acontecerá gradualmente, com parte do novo volume sendo produzido ainda em 2020.

Mais de 1/3 do segmento de cerveja premium no Brasil é representado pela marca Heineken

“Estamos buscando no Brasil e no mundo investimentos que tragam emprego e renda para os paranaenses”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior, ressaltando que o novo investimento do Grupo Heineken no estado do Paraná é um exemplo desta política. “O nosso governo busca construir um ambiente propício ao desenvolvimento de novos negócios. Somos parceiros de quem quer investir. Este grande investimento da Heineken amplia a participação da marca no mercado de cervejas e reforça a presença da indústria do Paraná neste segmento”.

Heineken 0.0 chega no primeiro semestre

Versão sem álcool será produzida
com a mesma receita já consolidada
em mais de 50 países no mundo

A versão zero álcool da marca chega para oferecer aos consumidores novas ocasiões de consumo sem deixar de lado um estilo de vida equilibrado e sem abrir mão do sabor. A novidade contará com fabricação nacional, além de manter exatamente a mesma receita já consolidada em mais de 50 países no mundo. Heineken 0.0 estará disponível no mercado brasileiro ainda no primeiro semestre de 2020.

Composta por ingredientes naturais e pela exclusiva levedura A, a Heineken 0.0 é uma cerveja refrescante e encorpada, puro malte, sem adição de outros cereais. Com apenas 69 calorias por Long Neck, a bebida é destinada às pessoas que apreciam o sabor da cerveja, mas não necessariamente os efeitos do álcool em determinados momentos do dia.

Criada em 2017, na Holanda, Heineken 0.0 também traz a icônica garrafa verde, porém acompanhada de um rótulo azul – cor associada à categoria sem álcool.

“Estamos comprometidos com a introdução de novos produtos para atender às necessidades do consumidor, e comHeineken 0.0 queremos fortalecer a posição inovadora do Grupo Heineken no Brasil, contribuindo para uma tendência global que gira em torno da importância do consumo equilibrado de álcool”, finaliza Maurício Giamellaro, presidente do Grupo Heineken no Brasil.

Siga-nos nas Redes Sociais

Facebook: https://www.facebook.com/engarrafadormoderno/

Instagram: https://www.instagram.com/engarrafadormoderno/

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/engarrafador-moderno-27119a52/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCYKEMLS-inxqWocI2lGWHhQ

 

Deixe seu comentário