Samanaú lança cachaça envelhecida 10 anos em carvalho

Lote especial comemora aniversário da marca

A Cachaça Samanaú acaba de romper os lacres de seus barris após uma década envelhecendo a bebida em carvalho. Essa será uma edição especial de 10 anos da marca, que passa a ser envasada para comercialização no primeiro trimestre de 2020.

A destilaria brasileira vem ganhando reconhecimento internacional, já conquistou apreciadores e especialistas pelo mundo, com medalhas de ouro e reconhecimentos nos mais importantes concursos da Europa e do Brasil. Recentemente, participou de uma feira em Macau, na China, apresentando seus rótulos no país oriental.

A cachaça orgânica Samanaú é produzida na cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte, seguindo uma tradição que vai desde a escolha da cana-de-açucar ao envasamento. O resultado é uma cachaça tradicional, mas sofisticada e que impressiona o paladar de apreciadores e especialistas.

“Para nós, é um importante marco no mundo do destilado apresentar uma bebida que ficou armazenada por uma década, trazendo as notas marcantes da Samanaú em uma edição especial”, comenta Pedro Melo Jr, CEO da Brascase Brasil, representante comercial e distribuidora da marca no Brasil e no exterior.

A marca apresenta um portfólio com a cachaça Samanaú nas versões: Prata, um destilado de mosto fermentado do caldo de cana de açúcar; Envelhecida, armazenada em barril de carvalho; e Ouro, amaciada em barril de louro-canela.

Deixe seu comentário