Açúcar de coco é lançado como mais uma opção aos adoçantes

coco
O açúcar de coco da Copra chega ao mercado como mais uma opção ao açúcar de cana e adoçantes artificiais, pois além de apresentar índice glicêmico muito baixo (35) pode ser utilizado em bebidas frias e quentes e em preparações culinárias sem deixar retrogosto

Açúcar de Coco Copra Alimentos IIIO mais recente lançamento da Copra é o Açúcar de Coco, uma opção de substituição ao açúcar de cana, pois é um produto 100% natural, conhecido por ser o adoçante mais sustentável do mundo. “Ele é muito mais nutritivo e saudável que os outros adoçantes, possui elevada quantidade de potássio, magnésio, zinco e ferro, fonte natural de vitaminas B1, B2, B3 e B6, além de seu índice glicêmico (Gi=35) ser muito mais baixo que o açúcar de cana (Gi=68).

Os cristais do Açúcar de Coco dissolvem-se facilmente dando um delicioso e doce sabor a todo tipo de receitas, destaca Karine Lira Nutricionista da Copra Alimentos.”

“O açúcar de coco orgânico é uma ótima alternativa para adoçar, pois apresenta índice glicêmico igual a 35. Os alimentos de baixo índice glicêmico são digeridos e absorvidos lentamente, dessa forma, pouco estimulam a liberação de insulina, reduzindo o risco de diabetes e obesidade”, destaca a nutricionista clínica funcional Erika Almeida. O índice glicêmico é considerado baixo quando é menor do que 55. O açúcar refinado tem 90 de índice glicêmico, mel 83,açúcar mascavo 80 e o açúcar de coco Copra 35.Figura1

A engenheira química da Copra Alimentos, Nathalie Cordeiro, informa que o açúcar de coco orgânico da Copra pode ser usado em substituição ao açúcar em receitas de doces, bolos etc, já que apresenta semelhança física com açúcar mascavo. “É um adoçante 100% natural muito utilizado na culinária do sudoeste da Ásia. Sendo obtido a partir da seiva das flores da palma de coco, a qual é submetida a um processo de aquecimento tornando-se um caramelo espesso que, em seguida, é moído/triturado até alcançar a granulometria de pequenos cristais. É uma fonte rica de vitaminas como as do Complexo B e minerais como: zinco, ferro, potássio e magnésio”, garante Natalie.

Preço sugerido ao consumidor final embalagem com 350g: R$ 32,00.

Deixe seu comentário