Fusão entre Schornstein e Leuven cria a Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA)

Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA)
representa um portfólio com 30 produtos das duas cervejarias
Crédito: Divulgação

Estratégia prevê unificação de processos e expansão das duas marcas,
que seguem com produtos e identidades distintas

Está fundada a Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA). A marca é o resultado de uma fusão entre a Schornstein, de Pomerode (SC), e a Leuven, de Piracicaba (SP). A assinatura oficial foi celebrada no sábado (26), depois de um ano de estudos e estruturações das duas partes. A partir de agora, serão acelerados os processos de unificação das operações e colocadas em prática as estratégias conjuntas.

Para o CEO da CBCA, Gustavo Barreira, o momento é ímpar. “São cervejarias que nasceram em momentos diferentes e com propostas de produto distintas, mas que se unem pela busca constante por crescimento e qualidade. Nós acreditamos numa ascensão ainda mais rápida da cerveja artesanal no país e temos certeza que, através da CBCA, vamos conseguir chegar em mais lares brasileiros, com mais qualidade e preços justos”, comenta.

Para o consumidor, Schornstein e Leuven seguem com produtos e identidades distintas. Para o mercado, uma série de facilidades geradas pela unificação será sentida nos próximos meses. “Ganharemos agilidade, dinamismo e vamos fortalecer ainda mais o potencial das duas marcas”, afirma Gustavo.

A Schornstein é uma das pioneiras no mercado nacional de cervejas artesanais. Chegou ao mercado em 2006 e hoje está em mais de 2 mil pontos de vendas. Entre os destaques da linha estão rótulos premiados nacional e internacionalmente. Um dos exemplos é a IPA, que figura entre as mais conhecidas do país.

Já a Leuven é reconhecida pela inovação não só nos produtos, mas também na gestão. Foi a pioneira no Brasil a captar recursos através de um equity crowdfunding, que possibilitou, através de mais de 600 sócios, os investimentos na fábrica.
A CBCA nasce com um portfólio de 30 produtos e uma capacidade produtiva que pode chegar a 280 mil litros ao mês, com sedes no Sul e no Sudeste do país.

Deixe seu comentário