Cerveja Corona lança long neck retornável

Garrafeira criada pela Ambev para transportar
as novas long necks retornáveis de Corona
Créditos Reprodução Corona

Novidade chega primeiro a
Curitiba (PR) e até 2023 será distribuída em todo o
território nacional

A cerveja Corona, da Ambev anuncia o lançamento da primeira garrafa long neck retornável de 330ml com distribuição confirmada para todo território nacional. O Brasil ainda é o primeiro mercado da América Latina a receber essa inovação com o selo da marca, que nasceu na praia e há anos se dedica à preservação da natureza, especialmente na luta pela preservação dos oceanos. A operação acontecerá de forma faseada e começa em junho na cidade de Curitiba (PR), onde Corona vai substituir 100% das garrafas pelas retornáveis e colocar em prática com consumidores reais a rotina de devolução das embalagens, preservando a conveniência com pontos de recolha distribuídos pela cidade e apoio logístico pelo aplicativo de bebidas Zé Delivery.

Long neck da cerveja Corona,
que na versão retornável ganhará
uma sinalização especial
no verso da garrafa
Créditos: Reprodução Corona

A novidade deverá ganhar distribuição nacional em 2023, se tornando a longo prazo a long neck padrão distribuída pela cerveja da Ambev no país. Além do impacto sustentável do produto, Corona também vai atuar junto a organizações de reciclagem por meio da recompra das garrafas de vidro, fomentando a economia circular e acompanhando de perto todo o ciclo de uso — e também de reuso — de cada garrafa. As vendas terão parte do lucro revertido para ONGs de preservação ambiental.

“Sabemos que a jornada por um mundo mais sustentável é longa e seguimos buscando novas formas de fazer a nossa parte e engajar nossos consumidores. A long neck é um símbolo importante de Corona, por isso unimos inovação e sustentabilidade para criar garrafas retornáveis que tenham sempre a mesma aparência das novas e ao mesmo tempo ajudem a diminuir a quantidade de lixo gerada no planeta”, explica Gustavo Castro, diretor de inovações da Ambev.

“Corona nasceu na praia e se dedica a preservar esses lugares, portanto temos direcionado nossos esforços de forma consistente pela proteção dos oceanos, especialmente contra a poluição plástica. Mas queremos ir além e para isso estamos mudando o nosso símbolo mais icônico, a garrafa de Corona”, conta João Pedro Zattar, head de marketing de Corona no Brasil. “Este é mais um marco na história de Corona, reforçando nossa ambição em nos tornarmos a cerveja mais sustentável do Brasil e atuando proativamente pela redução na produção de resíduos de todos os tipos — incluindo os nossos, já que desde o ano passado também somos a primeira marca global de bebidas neutra em resíduos plásticos”.

Para transportar as garrafas retornáveis até os pontos de venda, a marca também vai contar com uma nova “garrafeira” — criada pela própria Ambev com 100% de plástico reciclado, a caixa acomoda uma quantidade maior de produtos em um mesmo espaço, reduzindo as emissões de carbono ao longo do processo.

Siga-nos nas Redes Sociais:

Linkedin Instagram Youtube Facebook 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário