Quem será o próximo Unicórnio?

Corrida de Unicórnios busca startups com maior potencial de transformar
mercados tradicionais e vai conectar startups a grandes empresas e investidores

No ecossistema de inovação, unicórnios são aquelas startups que valem mais de US$ 1 bilhão. No Brasil, foram poucas que conseguiram atingir este nível. Estamos falando de companhias como 99, PagSeguro e, mais recentemente, Nubank. Hoje, especula-se quem deve ser o próximo unicórnio brasileiro e porque o Brasil não consegue ser, ainda, um grande celeiro de startups valiosas.

Em busca dessas empresas, o Grupo Padrão criou uma iniciativa inédita, a Corrida de Unicórnios (corridadeunicornios.com.br): com o objetivo de elencar as startups com o maior potencial de mudar mercados tradicionais.

O desafio conta com apoio de empresas que atuam no ecossistema de startups, como WeWork, ABFintech, Fiap, Inseed, OasisLab, ABComm, USP, além do apoio e metodologia de avaliação de Felipe Matos, da 10.000 Startups, especialista em startups.

A Corrida de Unicórnios avaliará startups em três eixos: Varejo, Customer Experience e Inovação (nesta categoria podem ser inscrever startups que têm soluções nas seguintes categorias: Mobilidade, Fintechs, Healthtechs, HRtechs, Insurtechs, Educação, Construtechs, Lawtechs, Transformação Digital, Cidades Inteligentes, Logística, Robótica e soluções que ajudem as empresas a aumentar sua eficiência operacional).

Elas passarão por avaliação e bancas de pitches comandadas por executivos de grandes empresas, especialistas e investidores. As startups que chegarem às semifinais já terão benefícios, como a oportunidade de se conectar a grandes empresas e investidores nos principais eventos corporativos do País.

Quem chegar ao final deste desafio receberá benefícios que vão ajudar seus negócios, como mentoria, viagem a Madri (Espanha) com grandes executivos e a possibilidade de ter grandes empresas como clientes.

As inscrições vão até o dia 20 de abril.

Deixe seu comentário