Tecnologia de Sopro

 

Publieditorial

 

HENKEL APOSTA NO AQUECIMENTO PREFERENCIAL

DA KHS

Com o aquecimento preferencial, a KHS oferece um processo com eficiência energética para a fabricação de garrafas PET ovais com peso otimizado.

 

Máquina de moldagem por sopro Blomax da KHS com aquecimento preferencial para a fabricação de recipientes para o envasamento de amaciantes e produtos de limpeza domésticos

Além da indústria alimentícia, fabricantes de bens de consumo como a Henkel também estão apostando nesta tecnologia moderna. Ela permite realizar a produção interna e econômica de recipientes complexos, sem a necessidade de compras externas. Dessa maneira, a Henkel aprimora sua pegada ecológica, ao mesmo tempo em que simplifica a logística e os processos de produção. Na unidade de Wassertrüdingen, na Alemanha, a empresa investiu pela primeira vez em uma máquina de moldagem por sopro da KHS com aquecimento preferencial para sua marca de produtos de cuidados pessoais. A redução do peso da garrafa, com o aumento simultâneo do teor de reciclados usados nas embalagens, foram os principais fatores que influenciaram na decisão de compra

A Henkel já confia na tecnologia de moldagem por sopro da KHS há décadas. As máquinas Blomax comprovadas com aquecimento preferencial são usadas para a fabricação de recipientes para o envasamento de amaciantes e produtos de limpeza domésticos na unidade de negócios Laundry & Home Care da empresa em todo o mundo – e agora também são usadas na Alemanha para gel de banho. “Através dessa medida, estamos dando continuidade ao nosso objetivo de reduzir ainda mais a pegada ecológica ao longo da nossa cadeia de valor”, disse Claus Meyer, da Henkel Beauty Care.

Graças à tecnologia comprovada da KHS e a um desempenho de até 21.700 garrafas por hora, nossos processos de produção agora são ainda mais eficientes. Além disso, a Henkel se beneficia de uma logística mais flexível, como explica Björn von Lengerke, Global Product Account Manager na KHS: “Você mesmo pode fabricar os respectivos recipientes para diferentes produtos. Isso permite criar planos de produção mais flexíveis”. Ao mesmo tempo, o consumo de recursos é reduzido, já que os percursos de transporte mais longos, realizados por caminhão, deixam de ser necessários – um aspecto importante no contexto das medidas de proteção climática.

Produção mais sustentável: redução do peso e teor de reciclados

 

Como parceiro confiável, a KHS ajuda a tornar o portfólio mais sustentável. Com a ajuda do Bottles & Shapes™, o programa holístico de consultoria de design de recipientes, foi possível atingir uma economia de material de 14% para o tamanho de recipiente de 250 milímetros, em comparação com a versão antiga – mantendo a qualidade necessária da garrafa. Além disso, as garrafas são compostas 100% de PET reciclado – sendo 25% do chamado “Social Plastic” (“plástico social”). “Planejamos também aumentar essa porcentagem em outros recipientes no futuro, a fim de tornar todo o nosso portfólio ainda mais ecológico”, afirma Christian Bauer, gerente da unidade de Wassertrüdingen. Até 2025, por exemplo, 100% das embalagens da Henkel deverão ser recicláveis ou reutilizáveis.

“No método do aquecimento preferencial, as pré-formas primeiro são aquecidas enquanto giram dentro do forno. Na seção a jusante, a rotação é interrompida, de modo que apenas áreas específicas da peça em bruto de PET continuem sendo aquecidas”, Björn von Lengerke, Global Product Account Manager na KHS

Mesmo com as altas porcentagens de reciclados de até 100%, a moldagem de garrafas extremamente ovais é possível, de acordo com o especialista da KHS, von Lengerke: “No método do aquecimento preferencial, as pré-formas primeiro são aquecidas enquanto giram dentro do forno. Na seção a jusante, a rotação é interrompida, de modo que apenas áreas específicas da peça em bruto de PET continuem sendo aquecidas”. Uma caixa de aquecimento desenvolvida especialmente para isso transfere a energia de aquecimento necessária através de níveis opostos de emissão. “Isso serve para otimizar a distribuição do material e a estabilidade da garrafa”, continua von Lengerke. Este método oferece vantagens não apenas no setor de Beauty Care, mas também no processamento de produtos de limpeza, detergentes ou produtos de cuidados pessoais, que muito frequentemente são envasados em frascos de PET ovais.

Clique aqui para saber mais

Publieditorial
Alternativa ecológica ao plástico
Nova máquina KHS processa acessórios
de papelão para latas

Publieditorial
Enchimento de PET
KHS desenvolve plataforma modular de enchimento de PET