O-I OWENS ILLINOIS

Publieditorial

 

VIDRO: Um dos pilares da economia circular

Por meio do desenvolvimento conjunto que demandou investimentos em linhas de envase, a garrafa de vidro retornável teve seu peso original reduzido em até 25%, fazendo com que o negócio retornável fizesse ainda mais sentido para todos os elos da cadeia.

 

Todas as vezes que abordamos os pilares de sustentabilidade, economia circular e todos os demais aspectos que envolvem ESG no que se refere ao mundo das embalagens de alimentos e principalmente bebidas, inevitavelmente somos remetidos ao vidro. A embalagem de vidro retornável criou há dezenas de anos uma base sólida para que, atualmente, os maiores fabricantes de bebidas do País pudessem efetivamente alavancar os parques retornáveis e investir em diferentes canais de venda como, por exemplo, a recente venda online de embalagens retornáveis.

“Na O-I tivemos o privilégio de não apenas acompanhar a evolução do mercado ao longo das últimas décadas, mas principalmente liderar, desenvolver e investir em tecnologias que atualmente são referência quando o assunto é o desenvolvimento ou aperfeiçoamento de uma embalagem retornável. Como líderes de mercado mundial e também no Brasil, além da experiência e referência técnica, alguns anos atrás aprovamos globalmente e realizamos um investimento bastante relevante de marketing para viabilizar o incremento de 50 milhões de garrafas retornáveis ao atual parque de um de nossos maiores parceiros globais.”, diz Daniel Jekl, Gerente de Marketing da Owens Illinois.

O retornável fazendo sentido para todos os elos da cadeia

A garrafa de vidro retornável de uma década atrás, apesar de manter o mesmo conceito de retorno – cerca de 30 ciclos de uso até se tornar uma nova garrafa retornável – quando reciclada em nossos fornos também passou por aperfeiçoamentos e mudanças. Algumas delas puderam, por meio do desenvolvimento conjunto que demandou investimentos em linhas de envase, ter seu peso original reduzido em até 25%, fazendo com que o negócio retornável fizesse ainda mais sentido para todos os elos da cadeia.

A partir da propriedade única do vidro em ser infinitamente reciclável, a O-I está viabilizando parcerias de longo prazo com os clientes nas quais 100% do resíduo de vidro gerado nas linhas produtivas ou no processo de recebimento e lavagem das garrafas retornáveis é diretamente destinado aos fornos da O-I, transformando-se em novas garrafas. Isso significa acompanhar toda a vida útil das embalagens e garantir que o resíduo gerado tenha o destino correto ou seja, os fornos onde eles foram produzidos.

Os resíduos de vidro são utilizados no processo de fabricação com total aproveitamento na O-I, resultando em embalagens novas com as mesmas características de qualidade das produzidas a partir de matérias-primas virgens. Nesse processo, cada quilo de resíduo de vidro utilizado na produção de novas embalagens substitui o equivalente a 1,2 quilo de matérias-primas virgens, proporcionando benefícios para o meio ambiente e a sociedade.

 

www.o-i.com