Zanlorenzi completa 80 anos com investimentos em inovação e tecnologia para manter o crescimento

A fabricante brasileira de vinhos, espumantes, sucos e chás, fundada em 1942, comemora oito décadas carregando a perfeita harmonia entre a inovação, tecnologia e tradição

A Zanlorenzi completa 80 anos em abril com um portfólio composto por 8 marcas e mais de 50 rótulos entre vinhos, espumantes, sucos e chás. É a terceira em participação de mercado em vinhos de mesa e uma das maiores companhias do segmento no Brasil. Entre as principais empresas do grupo, a marca de bebidas saudáveis Campo Largo e a marca de vinhos Campo Largo representam a maior parcela de faturamento do grupo, tendo o Vinho Campo Largo Tinto Suave e Suco de Uva 1,35L como líderes de venda de seu portfólio.

Paixão transformada em negócio

A história da Zanlorenzi começou quando o navio Vapore, vindo da Itália, desembarcou no Brasil em 1888, onde estavam a bordo Romano Zanlorenzi e seu filho Carlos, futuro fundador da companhia. 54 anos depois, em 1942, a paixão pela arte de produzir vinhos, herdada do pai, fez com que Carlos Zanlorenzi, ao lado de sua esposa Júlia, fundasse a Zanlorenzi & Irmão Ltda. Até 1973, além da produção, a fábrica também dividia espaço entre armazenamento, distribuição e comercialização dos vinhos que, na época, era realizada pelo casal. Poucos anos depois, a empresa adquiriu uma propriedade no melhor território para plantio de uvas do Brasil, o Paralelo 30, localizado em São Marcos, no Rio Grande do Sul.

Anos mais tarde, a Zanlorenzi & Irmão ganhou nova fachada e mudou de nome, passando a se chamar Vinhos Campo Largo. A partir de outubro de 2010, a empresa passou a se chamar Grupo Vinícola Famiglia Zanlorenzi, administrada pela 3ª geração da família, sob a atual presidência de Giorgeo Zanlorenzi, neto de Carlos e Júlia Zanlorenzi.

Outro grande marco para Zanlorenzi foi a entrada no segmento de bebidas não alcoólicas em 2015, quando a companhia lançou sucos de frutas e vegetais. Nos anos seguintes, a linha de sucos integrais foi ampliada e o portfólio de produtos saudáveis reforçado, até o ingresso da nova categoria de mercado com chás especiais e água de coco em 2018. Passados 80 anos, hoje a Zanlorenzi está presente nos lares de todo o Brasil.

Tradição, inovação e tecnologia

Ao longo dos 80 anos de história, muita coisa mudou no mercado e no perfil dos consumidores. Para acompanhar tais mudanças, a Zanlorenzi busca caminhar ao mesmo passo dessas transformações, provendo inovações constantes e investindo em tecnologia de ponta, mas sem jamais esquecer de suas raízes.

A base produtora do grupo possui uma das maiores estruturas de termovinificação do Brasil e está localizada na Serra Gaúcha, na cidade de São Marcos, Rio Grande do Sul. Sua infraestrutura conta com 53 mil m² de terreno, 12 mil m² de área construída e mais de 200 tanques com capacidade para estocar até 30 milhões de litros, além de processar até 150.000 quilos de fruta por hora.

Além disso, a companhia possui uma das maiores e mais modernas linhas de envase da América Latina, localizada em Campo Largo, no Paraná, que é composta por 5 linhas de envase de alta performance com capacidade de 55 mil garrafas por hora e processo 100% automatizado. Com tecnologia alemã, o envase a frio asséptico garante o frescor dos produtos com longo shelf life e armazenagem em temperatura ambiente.

Responsabilidade social

A trajetória da companhia também é guiada por valores que fazem a diferença em âmbito social, cultural, econômico e ambiental.

Apoio à agricultura familiar. A Zanlorenzi oferece apoio técnico para mais de 2.000 famílias fornecedoras das frutas, ervas e vegetais usadas para a produção dos vinhos, espumantes, sucos e chás.

Esta relação constitui a confiança necessária em diversos sentidos. O agricultor adquire a experiência e o aprendizado necessários para a prática do manejo, enquanto a companhia tem a garantia de entrega de matéria-prima de qualidade sempre no prazo, além de gerar renda e benefícios para a economia local.

Práticas sustentáveis. O reaproveitamento de matérias-primas é outra prática tradicional da empresa. Durante o processo da cadeia produtiva das bebidas, geralmente nem todas as partes das frutas, como cascas, sementes e cabos são transformadas em suco. Quando descartadas, principalmente em aterros, essas partes podem trazer sérios problemas de poluição ambiental. Por isso, todos esses insumos são usados em processos de compostagem e co-processamento.

EuReciclo. A companhia ajuda a promover o desenvolvimento e a operação de cooperativas de reciclagem junto da EuReciclo, uma instituição que certifica a compensação ambiental de todas as embalagens que a Zanlorenzi coloca no mercado. Uma porcentagem das vendas anuais da empresa vai diretamente para as cooperativas de reciclagem, garantindo que um equivalente a todo o material produzido pelo grupo seja reutilizado e não gere impacto para o meio ambiente.

Educação para uma vida mais saudável. Quanto mais cedo as crianças aprendem sobre a importância da alimentação saudável e da sustentabilidade, mais conscientes e responsáveis elas crescem e mais cuidado elas têm com o meio ambiente. Por esse motivo, a Zanlorenzi apoia instituições que educam e promovem uma alimentação mais saudável para as crianças.

Próximos passos

Além da contínua pesquisa e desenvolvimento levando em consideração as necessidades do consumidor brasileiro, a Zanlorenzi também quer crescer no exterior.

Atualmente as exportações representam menos de 1% do faturamento da empresa. No entanto, o plano é elevar este número para 4% até 2025. Como passo inicial, recentemente a Zanlorenzi enviou a primeira carga de produtos para outro continente, desta vez o africano.

Siga-nos nas Redes Sociais:

Linkedin Instagram Youtube Facebook 

 

Deixe seu comentário