APAS Show cresce em negócios e visitações

Evento movimentou US$ 330.546 milhões em negociações internacionais

A APAS Show encerrou sua edição de 2019 nesta quinta-feira (9) com o total de 106.557 visitações, número 23,8% superior em relação ao ano passado. De acordo com o presidente da Associação Paulista de Supermercados (APAS), Ronaldo dos Santos, os resultados obtidos nesta edição são animadores e gratificantes. “São números muito robustos, mostrando que o setor é forte e vem ganhando, a cada edição, uma maior amplitude internacional, o que pode ser visto pelo número de expositores e países aqui presentes”. O evento recebeu 847 empresas expositoras, sendo 222 destas internacionais, de 19 países.

Neste ano, a APAS Show anunciou uma parceria com a Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, que gerou na edição 2019 do evento um total de US$ 330.546 milhões de negócios entre empresas internacionais e brasileiras. O resultado traz à APAS Show 2019 maior relevância internacional.

Sucesso garantido pelos expositores

Felipe Mesquita, diretor de trade da Cervejaria Ambev, afirma que o evento simboliza a importância do segmento supermercadista em todo o país. “A união entre o varejo e a indústria representa uma parcela relevante da nossa economia e nos permite gerar oportunidades de negócios, inovações e desenvolvimento do segmento”, destaca. Ele reforça ainda que a edição 2019 ajudou a marca a reforçar a aproximação com os clientes.

“Mais importante do que fazer negócios é criar e aprofundar relacionamentos”, afirma Roberto Carrelas, diretor comercial da DPA, parceira da Nestlé que participa da APAS Show há quatro anos. Já a decisão da Pepsico de participar do evento vai além de ampliar o reconhecimento para a marca: “Já temos uma trajetória consolidada”, explica Lais Pinto, Trade Marketing da empresa.

Novidades

BLACK PRINCESS

Para expandir a linha de produtos, que já conta com seis rótulos, a marca lança duas novas cervejas: Tião Bock e APA-82. A Black Princess Tião Bock combina o amargor médio de uma cerveja tipo Bock, típica da cidade de Einbeck, no norte da Alemanha, com o sabor adocicado da rapadura, tão tradicional no nordeste brasileiro. Apresenta teor alcoólico de 6,5% e amargor de 26 IBU.

O personagem que ilustra o rótulo é o Tião, um músico repentista e contador de histórias que representa essa deliciosa mistura. Uns dizem que Tião é um cearense arretado que cresceu em Einbeck, outros afirmam que ele nasceu na Alemanha e cresceu em Juazeiro do Norte. Um maluco que faz da sua vida uma grande e saborosa mistura, fazendo cerveja e rapadura.

Já a Black Princess APA-82 é uma American Pale Ale, com teor alcoólico de 4,8% e amargor de 35 IBU. Cerveja com dry hopping de lúpulos americanos e notas cítricas, seu nome faz referência aos anos 1980, quando as cervejas tipo APA foram desenvolvidas nos Estados Unidos, e também homenageia o ano de criação da Black Princess: 1882.

“Primeiro apresentamos as Black Princess Tião Bock e a Black Princess APA 82 para o público, em testes exclusivos para eventos cervejeiros nos quais a marca participou. Tivemos uma aceitação tão positiva, que não poderíamos deixar passar o momento”, explica Diego Gomes, mestre-cervejeiro e diretor industrial da marca. “Os novos estilos dão ainda mais variedade à nossa linha de cervejas, cada uma com identidade única e marcante, digna da qualidade Black Princess. São duas novas histórias pra contar!”, complementa.

SANTA MONICA: O Café Santa Monica apresentou as novas embalagens das cápsulas de seus cafés especiais. Conservadas em sachês individuais preservam muito melhor o sabor dos produtos. Diretor do Grupo, Arthur Moscofian, apresentou as novidades aos visitantes do evento.

BLONDINE: A Blondine, sob o comando de Aloísio Xerfan, apresentou sua linha completa de cervejas especiais com destaque para os lançamentos Biru e Sparkling. Essa última é uma Brut IPA produzida com lúpulos El Dorado e Nelson Sauvin, muito aromática e frisante com 7,8% ABV e 35 IBU.

LEÃO ALIMENTOS E BEBIDAS: A Leão Alimentos e Bebidas, joint venture responsável pela gestão e produção de parte da linha nacional de bebidas sem gás do portfólio da Coca-Cola no Brasil, lançou durante a APAS Show 2019 sua linha de chás para preparo em água gelada, em três sabores exclusivos: Chá Verde com Gengibre & Limão, Chá Preto com Frutas Vermelhas e Chá Mate com Groselha Negra. A facilidade da infusão à frio atende pessoas que buscam opções práticas e saudáveis para diferentes necessidades e momentos do dia. Com a proposta de versatilidade aliada à naturalidade e sabor, Leão quer levar o hábito e o consumo de chá para mais pessoas.

NATIVE BERRIES: O segmento de bebidas saudáveis deve movimentar 8 bilhões de reais até 2022. Pensando nisso, a Native Berries está lançando no mercado uma linha de sucos de açaí com outras frutas como abacaxi + limão + hortelã, maqui berry+amora e graviola+gengibre +cúrcuma. Todos os sucos têm o açaí como fruta principal, não contém açúcar e conservantes. São embalados em lata e já estão disponíveis no mercado. Os produtos foram apresentados em primeira mão na APAS.

PEÑON DEL ÁGUILA: Los hermanos estão chegando. A cervejaria argentina Peñon del Águila apresentou sua linha de cervejas artesanais em latas de alumínio. Com produção de 300 mil litros por mês, a Peñon del Águila é a primeira cerveja em lata da Argentina. Os rótulos bem desenhados e com cores vibrantes atraem a atenção dos consumidores. A cervejaria argentina está em busca de distribuidores para entrar com força total no mercado brasileiro. Os estilos alemães são bem marcantes na linha de cervejas da Peñon del Águila.

Wewish

Desde 2014, quando lançou o primeiro refrigerante orgânico do Brasil, a Wewish vem buscando oferecer novos produtos que atendam o consumidor brasileiro. Na Apas Show 2019, além de apresentar os quatro sabores já conhecidos, a Wewish anunciou o início de seus investimentos para a internacionalização da marca.

“Desde o lançamento do Wewi no Brasil, fomos consultados por compradores internacionais de muitos países”, conta Anna Carolina Coelho, Diretora Geral e fundadora da Wewish. “Mas decidimos consolidar o Wewi no mercado nacional e conquistamos a liderança neste segmento. Hoje, com produto referência em refrigerantes orgânicos e naturais, abriremos as fronteiras para a internacionalização da marca, pois o Wewi responde às necessidades mundiais de uma vida mais saudável”, explica a executiva.

Wewi é certificado orgânico no Brasil, Estados Unidos, Comunidade Européia e países conveniados. A certificação de um produto orgânico é um processo muito rigoroso, realizada por auditoria, com a avaliação de todas as fases: solo, cultivo, colheita, industrialização – produção das matérias primas e envase – armazenamento e transporte, garantindo que não haja pesticidas, fertilizantes sintéticos, ingredientes artificiais ou obtidos através de organismos geneticamente modificados, mantendo a melhor forma dos alimentos.

Giesen Wines

Fundada em 1981 pelos irmãos Alex, Theo e Marcel, no coração da região vinícola de Marlborough, famosa por produzir os mais aclamados Sauvignon Blancs do mundo, a Giesen é uma das 10 principais vinícolas da Nova Zelândia. Desde a sua primeira colheita em 1984, o foco dos três irmãos Giesen sempre foi criar vinhos memoráveis e hoje exporta suas bebidas para mais de 33 países no mundo. Considerada uma das principais representantes dos renomados Sauvignon Blanc neozelandês, a Giesen também produz outros grandes varietais e nos últimos anos recebeu mais de 40 troféus e 180 medalhas de ouro. Seu Pinot Noir foi considerado entre os melhores Pinot Noirs do mundo na International Wine and Spirts Competition. Os vinhos Giesen acabam de chegar ao Brasil e estão sendo vendidos por dois grandes grupos varejistas.

Piracanjuba

O Piracanjuba Whey foi um dos destaques da marca na Apas. O produto possui 23g de proteínas, 5g de BCAA, 250 ml, é rico em cálcio, zero lactose, com colágeno, sem adição de açúcar, fonte de fibras e baixo em gordura. Ele está disponível nos sabores banana, frutas vermelhas, cacau e baunilha.

Globalbev

Em 2018, o mercado de energéticos no Brasil registrou um consumo de 67 milhões de litros, movimentando cerca de R$ 1,7 bilhão. Entre 2012 e 2017, o segmento acumulou crescimento de 38,3% no varejo e 3,1% no volume consumido. Mostrando que há uma tendência de aumento de faturamento e não de volume consumido, conforme dados do Euromonitor Internacional. Com três marcas de produtos no segmento, a Globalbev traz novidades nas linhas Extra Power, Marathon e Flying Horse.

O energético Extra Power, que tem como foco o público jovem, formado principalmente por universitários, apresentou na APAS sua nova campanha, “Extra Power Hits”, que conecta a marca e seus consumidores ao universo da música. A estrela da campanha é o cantor Gusttavo Lima, que além de ser embaixador da marca, vai estampar seus rótulos em uma edição especial e limitada. A novidade chega às gôndolas no mês de junho e além da nova roupagem, a bebida poderá ser encontrada ainda em versão lata 355ml, uma novidade que passa a compor o mix.

Seguindo com as novidades no segmento de energéticos, Marathon lança novo sabor Blueberry & Limão para completar a linha Sport Energy Drink, bebida energética ideal para o consumo diurno, que ajuda na reposição durante a prática de atividades físicas. A novidade pode ser encontrada na versão lata 350ml e já está disponível no mercado, juntamente com os sabores Pink Lemonade e Limão & Chá Verde.

Já a marca Flying Horse apresenta nova fórmula, com redução de açúcar e calorias em sua composição, mas sem perder o sabor original.

Cereser

Para explorar outras oportunidades além da sazonalidade das festas de final de ano, a Cereser ganha uma edição especial para celebrar as festas juninas, tão tradicionais no Nordeste, segundo maior mercado consumidor da bebida no país.

A Cereser São João traz de volta a edição limitada da marca, produzida a partir de fermentado de maçã. A série vem com duas opções de rótulos e elementos coloridos alusivos à popular festa brasileira e tem a mesma graduação alcoólica de outras versões da marca, porém com sabor mais suave e menos ácido, ideal para enfrentar o calor do semiárido nordestino. Sua produção será de apenas 30 mil garrafas.
Outro destaque é a Cereser Ice, com tem teor alcoólico superior ao da sidra Cereser tradicional, desenvolvida para ser consumida com muito gelo. Inspirada na tendência que está crescendo na Europa e também no Brasil de se tomar espumante com gelo, a Cereser Ice tem sabor mais intenso, mas é uma bebida leve, saborosa e refrescante, podendo ser consumida até na praia.

Vigor

A Vigor reforça seus investimentos no segmento de Alta Proteína e traz ao mercado o Vigor Protein, iogurte líquido ultraproteico pronto para beber. Enriquecido com 25 gramas de proteína em 250 gramas de produto, o lançamento conta com whey – proteína de soro de leite – em sua formulação. O iogurte não contém lactose nem adição de açúcares, contando somente com adoçante natural, e chega nas versões Morango, Banana, Coco e Flocos.

Deixe seu comentário