AmBev vai aumentar investimentos em cervejas especiais

000042_gO volume de cerveja vendido no Brasil pela AmBev voltou a apresentar crescimento no último trimestre de 2014, conforme divulgou a gigante do setor de bebidas em seu relatório trimestral. A receita líquida da empresa cresceu 10,6% em 2014 e, para 2015, a companhia trabalha com números um pouco menores, principalmente pelo fato de que este ano não teremos Copa do Mundo de Futebol.

Apesar do cenário econômico desanimador, a empresa estima crescimento parecido em 2015 quando comparado ao ano anterior.Os investimentos devem ser iguais ou ligeiramente menores aos que foram realizados em 2014, quando a empresa investiu R$ 3,1 bilhões.

Premium

Falando sobre mercado, a empresa divulgou que o volume de cerveja premium vendida no Brasil cresceu quase 20% em 2014 e passou a representar cerca de 8% do volume de cerveja vendida pela AmBev. Recentemente, a empresa adquiriu a fabricante mineira de cervejas artesanais Walls e, pelos números divulgados, outras aquisições podem aparecer por aí.

Outro fato interessante informado pelos diretores da empresa é sobre a Brahma 0,0%. Lançada em 2013, sem muita pretensão, a cerveja caiu no gosto do consumidor, principalmente pela qualidade do produto.

É uma das poucas cervejas do mercado na categoria sem álcool que tem um sabor mais parecido com a cerveja tradicional.Alguns produtos sem álcool disponibilizados no mercado nacional são, literalmente, difíceis de engolir. Brahma 0,0% é a marca líder no mercado, atualmente, e já representa 1% do volume total de cerveja vendida pela empresa no país. Acredito que as vendas de cerveja sem álcool só tendem a crescer no Brasil em virtude de questões como a Lei Seca e mudanças de comportamento dos consumidores que buscam produtos mais saudáveis e encontram no nicho de cerveja sem álcool alguns atributos que satisfazem suas necessidades.

Deixe seu comentário