Paulistânia lança cerveja Trem das Onze


A Paulistânia Trem das Onze é uma American Pale Ale (APA) com 11 lúpulos e teor alcóolico de 4,7%

A cada novo rótulo uma volta na história de São Paulo. É com esse lema que a cervejaria Paulistânia acaba de lançar sua nova cerveja para homenagear a trajetória das ferrovias paulistas. A Paulistânia Trem das Onze é uma American Pale Ale (APA) com 11 lúpulos, combinação que proporciona aromas cítricos e florais. Com notas frutadas e medianamente encorpada, é uma cerveja com excelente drinkability, uma boa pedida para o verão que se aproxima.

A Trem das Onze resgata a história das ferrovias paulistas, em especial a The São Paulo Railway (SPR), que foi a primeira no estado de São Paulo. Inaugurada em 1867, teve papel fundamental na economia do estado, levando o café do interior até o porto de Santos e trazendo os imigrantes que chegavam ao país. Curiosamente, essa ferrovia está diretamente ligada à chegada do futebol no Brasil: Charles Miller, paulistano, filho de um engenheiro da ferrovia de nacionalidade escocesa, foi estudar na Inglaterra e, quando retornou para trabalhar na SPR, trouxe duas bolas de futebol, se tornando, dessa maneira, o responsável por disseminar o esporte no país.

O número 11 é um número mestre. Por isso a Paulistânia decidiu fazer uma conexão do número com os objetivos da marca. O 11 está presente no rótulo da cerveja (Trem das Onze), na soma do teor alcóolico (4,7%) e na quantidade de lúpulos utilizados. Além disso, o lançamento foi feito no dia 11/11 às 11hs da manhã.

A Paulistânia Trem das Onze é uma cerveja refrescante, com 43 IBUs, teor alcoólico de 4,7%, coloração dourada. Na harmonização, a bebida combina com pratos condimentados, apimentados, carnes vermelhas e hambúrgueres. A cerveja será vendida em garrafas de 500 ml pelo preço sugerido de R$ 14,99 e na versão chope.

“Nosso objetivo é resgatar registros importantes do Brasil, que muitas vezes acabam sendo esquecidos, porém, de uma forma descontraída, nunca feita antes, que é utilizar rótulos de cerveja para contar histórias”, explica Marcelo Stein, diretor da Bier & Wein, importadora que criou a Paulistânia.

Para causar ainda mais impacto, o lançamento da Paulistânia Trem das Onze foi feito na Associação Brasileira de Preservação (ABPF), com direito a um passeio de locomotiva, muitos petiscos e show de blues. O objetivo da Associação é promover o resgate e a conservação do patrimônio histórico ferroviário brasileiro. “Queremos que nossos clientes tenham uma experiência única tanto redescobrindo o passado como saboreando uma cerveja preparada com ingredientes selecionados e de alta qualidade”, finaliza Marcelo Stein.

Trem das Onze

Há 48 anos deixava de funcionar um trem que ficou imortalizado na voz de Adoniran Barbosa: o “Trem das Onze”, que saía do centro de São Paulo em direção à Guarulhos, passando pelo bairro do Jaçanã. Conheça um pouco mais dessa história no link: http://www.ebc.com.br/cultura/galeria/videos/2013/01/conheca-a-historia-do-famoso-trem-das-onze

Deixe seu comentário