Concurso Brasileiro de Cervejas bate recorde

Número é 25% maior do que na
última edição e firma a competição
como uma das maiores do mundo

Em 2020, o Concurso Brasileiro de Cervejas será o maior entre as oito edições já realizadas. Estão inscritas 634 marcas de cerveja de 22 estados brasileiros. O número de cervejarias é 25% maior do que em 2019. Serão 3.284 amostras avaliadas. As inscrições terminaram na última segunda-feira (3). O julgamento acontece de 7 a 9 de março, em Blumenau (SC) e a premiação será no dia 10 de março.

O concurso é uma realização da Associação Blumenauense de Turismo, Cultura e Eventos (Ablutec) com a coordenação técnica da Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM).

Foram inscritas amostras em 146 estilos. Assim como nos anos anteriores, a India Pale Ale (IPA) será a mais disputada: são 235 concorrentes. O primeiro estilo brasileiro, Catharina Sour, está em segundo com 157 amostras. Seguem a lista: APA (132), Lager (108) e Wood- and Barrel-Aged Beer (102).

Entre as categorias, 435 são cervejarias, 160 são marcas ciganas e 39 são brewpubs. Geograficamente, o maior número de cervejarias inscritas está em São Paulo, seguido de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O crescimento quantitativo de marcas de cervejas no país e a credibilidade de uma das maiores competições do mundo são apontadas pela coordenadora técnica do Concurso Brasileiro de Cervejas, Fernanda Bressiani, como motivações para o aumento nos números. “As cervejarias entendem, cada vez mais, que as premiações são ferramentas importantes de validação e uma forma de ter feedbacks com alto nível de especialização para ajuste de produtos”, comenta.

Na edição passada foram 505 cervejarias que inscreveram 3.155 rótulos.

Deixe seu comentário