MEI tem novas regras

Mudanças começam a valer em janeiro

De acordo com a Receita Federal, a partir do dia 1º de janeiro de 2018, os microempreendedores individuais (MEI) terão novas regras para se encaixarem na tributação do Simples Nacional. O limite de faturamento mudará de R$ 60 mil para R$81 mil. Se o MEI extrapolar os 20% do teto antigo, faturando mais de R$ 72 mil, ele pagará uma multa, que será um percentual sobre o total do valor excedido. Além disso, profissionais que exerçam algumas ocupações serão afetados: contadores, técnicos contábeis e personal trainers não se encaixam mais na modalidade MEI. Já os apicultores, cerqueiros, locadores de bicicletas, motocicletas, vídeo games, equipamento esportivo e mais uma série de profissionais agora podem ser enquadrados como microempreendedores.

Deixe seu comentário