La Pampa lança cerveja feita a base de arroz

Um dos pontos altos e mais esperados da programação da Semana Arrozeira ocorreu na noite desta quarta-feira, 31 de maio, na programação noturna que é realizada no CTG Aconchego dos Caranchos, em Alegrete (RS). Foi lançada oficialmente ao mercado a cerveja artesanal Arrozal, produzida pela microcervejaria La Pampa, localizada no município, em parceria com a Associação dos Arrozeiros de Alegrete.

De acordo com o proprietário da empresa, Rafael Caetano, o desafio surgiu após conversas com os dirigentes da associação se era possível criar uma cerveja a base de arroz. A partir desta provocação, o empreendedor decidiu estudar a viabilidade da criação. Depois de meses de teste, com variedades fornecidas pelos arrozeiros, se chegou a conclusão de que o melhor era a utilização do arroz parbolizado. “Levamos uma degustação aos associados da Associação dos Arrozeiros de Alegrete e se chegou a uma cerveja mais suave e refrescante, com a cara do que o público já estava acostumado a consumir”, revelou.

Depois, em um segundo momento, se decidiu levar 200 litros da cerveja para um evento de cervejeiros no município de Santana do Livramento (RS), onde foram feitos testes cegos para avaliar a percepção de mercado da bebida. Conforme Caetano, o resultado foi positivo e a Arrozal foi um sucesso. “Não foi a cerveja mais vendida no evento, mas com certeza foi aquela que foi a mais falada pelos participantes”, salientou.

Rafael Caetano – Crédito Flávio Burin

Com teor alcoólico de 4,7%, a Arrozal tem como características ser uma cerveja equilibrada, suave, refrescante e levemente frutada. Com uma demanda forte de interessados na aquisição da bebida, o proprietário da La Pampa afirmou que já existem interessados em comprar em municípios da Fronteira Oeste e Zona Sul do Rio Grande do Sul, como Santana do Livramento e Itaqui, mas que a proposta é expandir a comercialização para todo o Estado e outros grandes centros do país.

Caetano desde 2010 vem se especializando em técnicas cervejeiras e no ano passado fundou a La Pampa, em Alegrete, com dois rótulos antes do lançamento da Arrozal. A ideia da microcervejaria é o de oportunizar novas experiências dentro de um produto que o público já consome. A empresa tem capacidade para produzir até mil litros por mês, mas já com a viabilidade de aumento desta produção para até 5 mil litros. “As nossas cervejas trazem um conceito de tudo que é cultivado na região para os nossos produtos, por isso que surgiu o desafio de fazer a cerveja de arroz”, ressaltou.

Deixe seu comentário