A importância do feedback

FeedbackInstrumento é fundamental para o gerenciamento adequado das relações interpessoais nas empresas

Por Eduardo Shinyashiki

Um dos instrumentos mais importantes para se comunicar, expressar a identidade pessoal e construir a qualidade das relações interpessoais é o momento do feedback, da conversa transparente que oferece informações de forma eficaz aos colaboradores e colegas sobre as suas ações e resultados.

O feedback representa o verdadeiro processo comunicativo, porém, muitas vezes as pessoas são reticentes a dar e receber retornos, pois o termo “feedback” vem sendo associado a crítica, a julgamentos negativos, conflitos, culpas, tensões e, por fim, o desgaste nas relações, não agregando nada de construtivo.

Muitas vezes se cria um julgamento persecutório do tipo: “Ele está me perseguindo”, “Essa pessoa não gosta de mim”, “Ele não vai com a minha cara”. Outras vezes o sentimento é de inferioridade: “Se a avaliação não for boa, como vou ficar com os meus superiores? O que os outros vão pensar de mim?”. Dessa forma, algumas pessoas fazem de conta que está tudo bem, fecham a sua percepção negando a possibilidade de olhar com maior atenção para si mesmo, para o outro e para o que está acontecendo.

Feedbackimage-1No decorrer do tempo, a ausência de um verdadeiro feedback tende a destruir as relações e os resultados. Na verdade, podemos utilizar essa ferramenta como uma conversa conciliante e realmente comunicativa, que apoia e encoraja o colaborador e em que a clareza de opiniões entre as partes é presente, evidenciando os lados positivos e negativos da situação, tornando-se um feedback construtivo.

Um feedback positivo tem a finalidade de aprimorar ou de reorientar a pessoa e é, na verdade, uma ocasião para redirecionar e melhorar a própria maneira de agir, ou até mesmo as ações dos colaboradores, tendo maior consciência dos pontos de força e dos pontos fracos dos resultados atingidos, permitindo manter alto o nível de motivação e energia dos envolvidos.

A sabedoria do líder em dar feedbacks permite que seja fortalecida a relação com o colaborador, transmitindo conhecimento, informações, ideias, visões e sugestões para o seu desenvolvimento. É um compartilhamento de saber, um instrumento importante para troca de informações, redirecionamento de foco e clareamento de objetivos, que auxiliam no desempenho e no crescimento do profissional.

Eduardo Shinyashiki – palestrante, consultor organizacional, especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes. Presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, Eduardo também é escritor e autor de importantes livros. www.edushin.com.br

Deixe seu comentário